quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Poema Inacabado



Comecei um poema

que não acabei…

Queria pôr nele sentimento,

amor, alegria, movimento.

Mas o amor ofuscou-se,

a alegria esvaiu-se

e o movimento ficou no pensamento.

Depois pensei no reverso

do que queria pôr no verso,

angústia, dor, desilusão.

Mas a angústia ficou presa no peito,

a dor ficou no ser desfeito

com a desilusão no coração.

A pena não ousou mais divagar

sobre sentimentos que se quiseram ofuscar.

E o poema que comecei,

não o acabei…

3 comentários:

  1. Hei ótimo conheci esse blog num diretorio e...
    sabes de algo tipo sociedade dos poetas mortos para eu me envolver?

    ResponderEliminar
  2. Sociedade dos poetas mortos não, mas há dois sites para os quais pode colaborar e que são muito bons: Luso poemas e recanto das letras. Pode aí divulgar os seus textos ou de autores.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...