domingo, 8 de maio de 2011

Amarelo


(imagens do google)
A amarelo pinto a força
derramada por raios de sol sorridentes,
tocando as plantas com uma cálida carícia,
após um duro inverno,
fazendo-as abrir um sorriso
que os recebe de pétalas abertas.
A amarelo pinto a vitória,
a garra, a coragem, o optimismo.
Pinto a janela do meu quarto
quando brilha a madrugada.
Pinto o meu sorriso,
o teu sorriso,
o nosso amor fortalecido.
Pinto a minha pele
quando recebe os primeiros raios de sol,
ainda arrepiada pela brisa da aurora,
mas reconfortada pelo morno aconchego.
Pinto as searas
que se deleitam ao vento trigueiro.
Pinto o narciso silvestre,
frágil, pálido, mas intenso,
que cobre as encostas verdejantes
de salpicos amarelos
que beijam a verdura
que vem com a chuva
secando ao sol.
Pinto Apolo
e a sua magnitude.
Pinto a fruta madura e suculenta.
A amarelo pinto a própria vida!
                                                  Célia Gil




2 comentários:

  1. A amarelo pintaste as cores do meu dia que refletem na cor do sol que brilha neste domingo querida. Ao amarelo então brilharemos até a noite sob a luz d luar.
    Lindo!
    Beijos,
    Carla

    ResponderEliminar
  2. Obrigada pelo gentil comentário. Uma boa semana!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...