quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Onde esconderam a magia do Natal?


(imagem do google)

Símbolo de amor e de paz.
Natal, como o nome indica,
é o nosso Lar, o que acolhe.
Mas, de ano para ano,
o sinto mais ausente,
qual vã miragem.
Corro em seu encalço,
suplico-lhe paz, amor e felicidade,
trabalho, segurança e saúde,
fé, otimismo e perseverança.
E o que me traz?
Um mundo às avessas,
que nos vira as costas,
que oprime, subjuga e explora
e não reconhece os que laboram.
Que corta as asas ao otimismo,
e deixa a fé de rastos.
Que, com a miséria, leva a paz,
semeando a discórdia.
Arre!
Que é do mundo com que sonhei?
Que é das ilusões de menina?
Que é da vida que prometeste, Pai?
Que é do mundo? Que é de mim?
A criança que fui chora na calçada,
os sonhos cortaram o cordel e voaram,
as ilusões tenho-as afogado em lágrimas.
A vida atinge o auge do desespero,
o mundo procura-se sem se encontrar,
e eu sou apenas uma ínfima partícula
desta destruição consumada.
Onde estás, Pai Natal?
Que não tens ouvido os meus pedidos,
não tens respondido às minhas cartas.
Quando vejo a meia na chaminé,
sempre com uma esperança renovada,
viro-a do avesso, mas não encontro nada.
E a esperança esmorece,
dando lugar à desilusão.
Ainda assim, quero continuar a acreditar
que um dia, bem no fundo da meia,
tirarei um pequeno caracol da criança que fui,
um novo cordel para não deixar fugir os sonhos,
um sorriso que me seque as lágrimas,
um Tratado de Paz para o mundo,
um botãozinho mágico de saúde.
Aí ficarei feliz,
para sempre, como nos contos de fadas,
e voltarei a acreditar
na magia do Natal!
                                     Célia Gil

10 comentários:

  1. Ao desconsolo, contrapões a esperança, num jogo de negativo/positivo, muito interessante, muito vivo, quase coloquial.

    Já estranhava a tua ausência, amiga.
    São os caprichos do sr. blogger!
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Que lindo grito de chamado ao verdadeiro Natal...Aquele em que não há só presentes, pacotes, shoppings... O de dentro do coração...
    Também sinto falta!!! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  3. O significado verdadeiro do Natal perdeu-se infelizmente. Hoje em dia, o Natal só serve para se gastar dinheiro. Para mim continua a ser uma data especial e tenho pena de em Outubro, já começar a ver enfeites de Natal na rua. Quando era miúda, era uma coisa que ansiava porque só em Dezembro é que se viam enfeites e se começava a pensar no Natal.
    Mudam-se os tempos...

    ResponderEliminar
  4. Minha querida

    Acho que o verdadeiro Natal está perdido no consumo desenfreado, apenas as prendas interessam, o amor pelo próximo ficou para último lugar.

    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  5. Minha linda esse que é o verdadeiro Natal...quando nos despojamos dos enfeites materiais para abraçar os espirituais...
    Hoje vim trazer um convite especial.
    vá no meu cantinho comungar comigo da minha vitória da qual vc tbm faz parte.
    bjssssssssssss

    ResponderEliminar
  6. oi Celia,

    esse é o verdadeiro Natal,
    e que deve estar dentro de nossos corações,
    esse sentido de amor,
    de família,
    de união,
    são os valores que devemos
    passar aos nossos,
    linda postagem,
    verdadeira e sincera...

    beijinhos,
    e que esse verdadeiro
    espírito de Natal,
    esteja presente em
    todos os nossos dias!

    ResponderEliminar
  7. Olá,Célia!!!

    É poetisa...uma poesia para fazer pensar, para que acordem!O que estão fazendo com o natal?!
    Infelizmente o mundo esqueceu a importância dos valores, da educação e isso está se refletindo em tudo...até no natal!Mas resisto!!!!!Não deixo o verdadeiro significado morrer em mim, ele VIVE!!!E procuro passar adiante!
    Mesmo sendo poucos, podemos preservar a chama verdadeira, tenho visto muitas pessoas que pensam assim, então vamos resistir, vamos preservar e quem sabe um dia, não seremos a maioria novamente???
    Beijos querida!!!Tudo de bom!

    ResponderEliminar
  8. º°♥❤ Olá, amiga!
    ❤ A magia do Natal está escondida dentro do coração de cada um...

    º°❤ Beijinhos.
    ♥❤ Brasil.

    ResponderEliminar
  9. Oi Célia,
    Adorei o poema, mas a doença me transformou em uma otimista e sempre entro num clima de natal e fico acreditando no melhor possível!
    Beijos 1000 e uma 5ª-feira maravilhosa para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderEliminar
  10. cabe a cada um de nós manter este espírito vivo..
    se cada um fizer a sua parte..
    lindo querida teu dizer delicado mas forte!
    beijos perfumados..

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...