segunda-feira, 28 de maio de 2012

Domadora de feras



Sou domadora de feras,
feras bestiais,
das que nos ousam afrontar,
pesadelos de angústia e dor.

Como a venço?
Com amor!

Feras paranormais,
difundidas pela mente,
qual vírus mortal.

Como as anestesio?
Com versos escritos a fio!

Feras humanas,
que nos tentam derrubar
com críticas destrutivas,
que nos querem abalar.

Como os ultrapasso?
Com a força de um abraço!

Feras desleais,
que tão bem fingem amor,
mas que são só animais
feridos no seu rancor.

Como as enfrento?
Com a poesia,
o meu grito, a minha arma,
o meu cimento,
o meu fado e o meu carma!


13 comentários:

  1. APLAUSOS daqui!! Com amor, abraços e poesia não há fera que resista e não se aquiete!! Linda!! beijos,uma semana bem maravilhosa, sem feras incomodando! chica

    ResponderEliminar
  2. Minha querida

    Doma as feras com as palavras que escreves com sentimento e deixa o mundo falar.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  3. Chegando de mansinho pra elogiar este bloguinho *_*

    E com toda humildade, te convidar para participar do primeiro sorteio Cute, será no dia 02.06 e claro aproveitar para conhecer meu cantinho.

    Abraços...

    http://www.cutetapemeasure.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  4. Gostei da atitude como se pode e devem encarar momentos menos bons das nossas vidas; por vezes a infelicidade que vivemos deixa-nos tão sós e amargurados que nos leva a agir de maneiras menos boas. Há que insistir e existir, ser um óasis no deserto da maldade. Gostei da forma como destilaste o que de menos bom te rodeia. É magia! Jesus

    ResponderEliminar
  5. oi Celia,

    estou ao lado da Chica,
    te aplaudindo em pé,fervorosamente...
    adorei!!!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Querida Amiga, hoje eu quero muito lhe agradecer a sua linda e carinhosa presença no meu cantinho! Meu carinho sempre.
    Tem um selinho lá no meu cantinho, feito com muito carinho! Se gostar leve com você!
    Abraço amigo!
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  7. OI CÉLIA GIL!
    AO MESMO TEMPO QUE TUA POESIA LUTA DE IGUAL PARA IGUAL COM AS FERAS DO MUNDO, ELA TAMBÉM AS ABRAÇA E CANTA UM LINDO FADO PARA ABRANDAR-LHE OS CORAÇÕES.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderEliminar
  8. Voltei pra agradecer os carinhos, desejar lindo dia!beijos,chica

    ResponderEliminar
  9. Lindíssimo!!!
    Sou mais de me esquivar das feras do que de enfrentá-las, mas às vezes não tem como.
    Beijos 1000 e uma 4ª-feira maravilhosa para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderEliminar
  10. Célia, querida, a isso chamo ser poderosa, mas doce. É uma arma invencível e desconcertante para quem ousa ameaçar-te.
    Beijo

    ResponderEliminar
  11. Celia, com amor podemos domar mesmo todas as feras!Só assim!Lindíssima sua poesia!bjs,

    ResponderEliminar
  12. Verde que te quero verde!
    Assim é seu recanto adorado,cheio de esperança...amo vim aqui e desfrutar dos teus escritos que são valiosos...
    bjsssssssssssssssssssssss

    ResponderEliminar
  13. ...anestesiar as feras humanas, domar as feras desleais...
    Gostei.
    Me parece que somos um pouco irmãs de estilo...
    abraço

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...