quinta-feira, 23 de maio de 2013

sombras existenciais





O medo, a insegurança e o erro
são constantes na nossa vida,
pairam qual sombras do desterro,
deixam a alma desprotegida.

Sempre que a coragem dobra
a esquina da nossa existência,
surge o medo, que cobra
ou sugere a desistência.

Quando tomamos decisões
que nos pedem permanência
a insegurança dos corações
abala a nossa consciência.

Se pensamos que acertámos
em todas as escolhas feitas,
há sempre o erro que ignorámos
nas ilusões mais perfeitas.

Não deixes de acreditar,
sacode o erro, o medo e a insegurança.
Se caíres, faz por te levantar
qual Sísifo em eterna esperança.


 

16 comentários:

  1. Célia, o conteúdo do poema, um grito de incentivo, aplica-se às mais diversas situações.
    É sempre possível tomar decisões, mudar de vida ... se não vives satisfeito/ Mudar de vida é sempre tempo de mudar...
    Quando deixei o ensino foi um alívio imenso!
    Pensa nisso, querida!

    ResponderEliminar
  2. Querida amiga
    Vim para lhe dizer que não me esqueci de ti, nem deste lindo cantinho, peço desculpas pelo meu silencio, mas tem sido por conta da vida, que em certas vezes nos pede um pouquinho de tempo para ela mesma. Vida que apesar de nos trazeres muitos desafios a desvendar, nos trazer a serenidade de te viver com muita alegria, paz e amor.
    Peço desculpas pelo recadinho montadinho, eu queria muito passar pelo seu cantinho para e ficar por mais tempinho e desfrutar do aroma deste lindo lugar, pode demorar um pouquinho, mas voltarei.
    Tenha uma linda tarde coberta de muita paz e Amor!
    Com carinho
    Abraço amigo
    Querida amiga se poder venha conhecer o meu site. http://www.mariaalicecerqueira.com.br/
    O meu muito Obrigado de todo o meu coração. Que Deus os abençoe!

    ResponderEliminar
  3. Sempre ao cair temos que vislumbrar a possibilidade de LEVANTAR! Lindo! Obrigadão pelo carinho Estamos curtindo o filho e agora aqui, aproveitando que ele e Kiko foram correr! beijos,chica

    ResponderEliminar
  4. Boa noite minha flor!
    Te convido a visitar a festa do Folhas de Outono,fazes parte dela...
    aqui encontro mais um poema tão lindo que faz-me suspirar...
    bjs de final de semana !

    ResponderEliminar
  5. Obrigadão pelo carinho e hoje a festa foi tri boa e Kiko ficou feliz! beijos,chica

    ResponderEliminar
  6. Oi, Celia que linda e profunda poesia, é sempre tempo de
    mudar. Te desejo um dia maravilhoso.

    ResponderEliminar
  7. Poema lindo, mesmo vindo as aflições, medo, insegurança sobre nós não podemos perder a esperança, acreditar na vitória. Célia lá no blog tem post novo se quiser dá uma conferida é só clicar no link abaixo beijos.
    Lucimar Estrela da Manhã
    Divulgue seu blog no Face
    Fan Page Retribuo Curtidas

    ResponderEliminar
  8. Célia,obrigadão mais uma vez e temos mesmo que aproveitar.Sábado o filho viaja.Daí é chato,mas...Faz parte da nossa vida isso! beijos,chica

    ResponderEliminar
  9. Célia,

    O medo nos impede de fazer muitas coisas. Temos que enfrentá-los.
    Lindo poema!
    Ótimo feriado! Beijos

    ResponderEliminar
  10. Muito bonito! Um belo texto de autoajuda, eu diria. Parabéns, amiga. Beijossss

    ResponderEliminar
  11. Muitas vezes quando perdemos a esperança e pensamos que é o fim,
    Deus sorri lá de cima e diz:
    Acalme-se confia em mim... é apenas uma curva não é o fim!
    Se Deus encheu tua vida de obstáculos,
    é porque ele acredita na tua capacidade de passar por cada um!
    Se não podemos mover a terra com nossas palavras,
    podemos mover o céu com as nossas orações!
    Nossa amizade é como um diamante lapidado...
    Seja feliz, DEUS estará sempre ao seu lado!
    Um carinhoso abraço beijos no coração.
    Carinhos na Alma.
    Sempre sua amiga..Evanir..
    Obrigada minha amiga sua presença me fez muito feliz.
    Eu adorei seu poema minha amada sabes o quanto me alegro
    ler e estar sempre presente mesmo quando me ausento de coração guardo cada verso.

    ResponderEliminar
  12. Medo não resolve nada na vida....beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  13. Olá, Célia!!

    Belos versos, minha querida! Mesmo com um pouco de medo, vamos seguindo em frente! Que nunca nos falte esperança!!!!!
    Beijos e meu carinho pra ti!

    ResponderEliminar
  14. E com os meus medos vou trilhando meu caminhar, não temendo cada passada, cautelosa, com o que pode vir, mas nunca desistindo de caminhar... sou eu :) Olá minha amiga Célia, venho pegar tua mão para juntas um beijo saudoso... e nesta saudade venho pegar tua mão para minha na minha Ilha juntas comemorarmos o meu 5.0.. o convite já lá está. E lá te espero. Luz e paz no teu caminhar.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...