domingo, 22 de maio de 2011

Amar não é um ato solitário



Era tão bom ter poderes!
Simplificar a vida,
tornar as pessoas mais crentes,
menos desconfiadas…

Às vezes gostaria
de poder tocar o mundo
com uma varinha mágica,
delinear sorrisos em rostos sisudos,
infundir esperança onde esta escasseia,
semear amor em corações áridos,
despoletar a capacidade de sonhar
em quem nunca soube sonhar,
em quem nunca teve tempo para sonhar,
em quem não ousa sonhar!
Pudesse tocar os teus lábios contraídos
e arrancar deles palavras de afecto,
conseguir que expressassem palavras de amor,
ouvir deles palavras de dádiva.
Somos e recebemos aquilo que damos
e o que damos de nós
a cada segundo da nossa vida.
E tu és a negação dessa dádiva
Recebes, de bom grado,
mas não correspondes.
Entende que sou gente,
a minha varinha de magia
um dia será mais uma vara
num campo de videiras secas
e os poderes perdidos
secarão as plantas
do sofrimento que me escorre pela face.
Face fria face à falta de afecto.
Um dia, quando pensares em retribuir
o amor que por ti sinto,
o meu coração terá secado
numa estiagem de sentimentos!

9 comentários:

  1. Olá querida amiga estou esperando tua chegada no ostra da Poesia... estais a participar de hoje até o dia 24, lembra né? então agita a blogsfera :-)
    beijos no coração e que tua semana seja cheinha de coisas boas!

    ResponderEliminar
  2. Que lindo e quando o coração seca é foooooooooogo!!! um beijo,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  3. Kindo e cheio de boas intenções!
    Beijos e boa tarde,
    Carla

    ResponderEliminar
  4. Lindo demais!Amar é algo espontâneo que surge assim,sem mais nem porque, apenas muda tudo dentro da gente...
    Beijosss

    ResponderEliminar
  5. O amor é construção...é atitude é sentimento... Entre duas pessoas é troca de emoções, respeito, carinho, lealdade,etc... Adorei amiga Célia.

    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Vejo escorrer entre meus dedos
    as areias do tempo
    as águas do mar
    e até a luz das estrelas
    o sonho....o sonho passa inexorável
    pelas frestas da eternidade...
    e nada nos pertence de fato
    a não ser as nossas ilusões...

    £una

    Feliz Semana e beijos meus! M@ria

    ResponderEliminar
  7. PARABENS CÉLIA ADOREI CONHECER SEU BLOG,LER SEUS TEXTOS TÃO LINDOS,SEJA SEMPRE MUITO BEM VINDA AO MEU BLOG TAMBEM JA SOU SUA SEGUIDORA!!!
    DESEJO A VOCE UMA SEMANA ENCANTADA COM SONHOS REALIZADOS,MUITA PAZ AMOR E LUZ ESPIRITUAL
    UM ABRAÇO MARLENE

    ResponderEliminar
  8. Oi Célia,
    O título do poema já diz tudo, mas o texto é lindo. O amor romântico não é um ato solitário, depende da outra parte.
    Bjkas e uma ótima semana para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderEliminar
  9. Acho que no fundo no fundo isso é mesmo o que toda mulher,todo ser enamorado espera de ouvir.
    Grande abraço!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...