domingo, 26 de novembro de 2017

Histórias antigas

Célia Gil


Por detrás daquela porta,
no sofá do aconchego,
há histórias que ficaram
como o nosso segredo.
São histórias reais,
feitas de vida e suor,
com peripécias tais...
Histórias de morte e de amor.
Vidas que superaram
as humanas expetativas.
Vidas que se cruzaram
em tristezas consentidas.
Almas que a amar
se afastaram.
Almas que afastadas
se amaram.
E eu, aconchegada
numa manta embrulhada,
vou deixando projetar
nas brancas da minha mente
histórias feitas de amar,
histórias de antigamente.

                                      Célia Gil

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Dragão

Célia Gil
     Estou triste, muito triste. Perdi o meu amigo, companheiro e fiel cãozinho Dragão. Um amigo que fazia parte da família há treze anos. É muito triste. Os animais têm uma vida demasiado breve para o amor que dão e a companhia que fazem. 

     Não escolhi o Dragão, foi ele que me escolheu. Passo a explicar: certo dia, entrei numa loja de animais para comprar comida para os peixes que tinha. Nunca tinha tido vontade de ter um cão. Era algo em que nunca tinha pensado, se bem que os meus filhotes, na altura pequeninos, me pediam para ter. Nesse dia, ao entrar na loja, onde havia mais clientes, estava um cãozinho solto pela loja. De imediato se acercou de mim e já não me largou. O Dragão escolheu-me para ser sua dona.
     Fiz uma surpresa aos meus filhos, tanto que o mais novo, quando viu o cãozinho, que parecia um peluche pequenino, em casa, me disse "tão giro, um cão a pilhas! Podes desligar mãe!". Nunca pensou que eu pudesse arranjar mesmo um cão a sério. Quando se apercebeu de que era verdadeiro, nunca mais o largou. Os meus filhos foram, sem dúvida, mais felizes com o Dragão. Um cão ensina muito. Ensina a perdoar, a amar, a respeitar. Nunca o deixamos, levamo-lo sempre connosco em todas as férias, para onde quer que fossemos. Escolhi sempre casas ou hotéis que permitissem a presença de animais, nem que fosse mais caro. Fomos muito felizes com ele e penso que ele também foi muito feliz.  connosco. Um animal humaniza-nos e torna-nos mais compreensivos. Faz-nos sentirmo-nos sempre amados. Sempre ansiando o nosso regresso a casa em cada final de dia de trabalho, sempre satisfeito por nos ver, sem nos fazer exigências, sem amuos, sem reclamações. Numa entrega total.

     O Dragão foi um cão muito querido, sempre a proteger os meus filhos, muito individualista, muito esperto, mas também afetuoso, e querido. Raramente ladrava. Com a patinha, chamava-nos para pedir água, comida ou para ir à rua.

     Ficarás, Dragão, para sempre na nossa memória.




domingo, 12 de novembro de 2017

outono da vida

Célia Gil


Quem está por detrás desta folha
amarelecida pelo outono?
Nada, nada existe atrás da folha
em que escrevo
o outono da minha vida.
Talvez um imenso vazio,
talvez todas as perdas de mãos dadas,
talvez a indiferença a ser indiferente
sem me ver, sem sequer se importar.
Estará, com toda a certeza,
um outono que pesa nos ombros,
um frio que se adentra pelos olhos
e os deixa imóveis, petrificados,
à espera do inverno que leve
a breve folha leve.
                                               Célia Gil

sábado, 4 de novembro de 2017

Bolo de laranja com calda

Célia Gil

Ingredientes:

200 g de manteiga
250 g de açúcar
6 ovos
300 g de farinha
2 colheres de chá de fermento em pó
1 laranja - sumo e raspa.

Calda de Laranja:
Sumo de 2 laranjas, ao qual se adicionam 50 g de açúcar. Vai ao fogão, até ter a consistência de uma calda.

Modo de Preparação:

Numa tigela, misture bem a manteiga com o açúcar, até ficar um creme esbranquiçado, onde o açúcar esteja totalmente desfeito.

Nesse momento, junte as gemas, mexendo bem. Acrescente o sumo e a raspa da laranja.
Adicione lentamente a farinha com o fermento, envolvendo-os no preparado anterior.

Junte as claras em castelo, envolvendo-as cuidadosamente.

Coloque o preparado numa forma previamente untada com manteiga e farinha e leve ao forno cerca de 40 minutos, a 180 graus.

Desenforme e verta a calda sobre o bolo.

BOM APETITE!



Coprights @ 2017, Histórias Soltas Presas Dentro de Mim Designed By Templatein | Histórias Soltas Presas Dentro de Mim