sábado, 21 de maio de 2011

Mulher de cinco anos


(imagem do Google)
Deixei a criança feliz de outrora
em Angola, numa calçada vazia,
sentada numa laje fria,
à espera que eu fosse embora.

Parti naquele avião,
com medo de olhar para trás
e não ser, assim, capaz
de partir com a necessária determinação.

Mas fui muito corajosa,
abandonei os sonhos de meus pais e meus
abracei com garra os céus
sem me deixar destruir pela mente ansiosa.

Mas a criança ali se quedou,
ao pé da casa que não habitou,
sonho de uma vida que findou
quando o seu corpo bem longe a levou.

Levou uma precoce mulherzinha,
sem risos, brincadeiras, ilusões,
feita mulher nas horas de aflições
sem tempo ou direito a ser menina.
                                       Célia Gil


8 comentários:

  1. Linda e faz pensar...Todos devem ter o direito de ser crianças...Há tempo pra ser mulher...Um lindo fds,chica

    ResponderEliminar
  2. Célia este seu poema me faz lembrar o final de um livro que se chama ESTEIROS de Soeiro Pereira Gomes. São homens que parecem meninos e nunca foram crianças. Não mais esqueci esta frase. Lindo, saudoso e nostálgico este seu poema. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  3. Amiga,

    Muito comovente!

    Bom fim de semana!
    Beijinhos.

    º✿♫
    °º✿ Brasil
    º° ✿♥ ✿° ·.

    ResponderEliminar
  4. Que triste esta inspiração! Porém, um belo poema!

    bj.

    Cat

    ResponderEliminar
  5. Oi Célia,
    amei o poema e a música. As músicas lusitanas me são desconhecidas e conhecê-las me e encanta.
    Bjkas e um final de semana maravilhoso para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderEliminar
  6. As vezes a vida nos obriga a crescer antes do tempo,as o quqe não podemos nos esquecer é que a criança que um dia fomos, ainda existe dentro de nós e podemos dar vida a ela quando quisermos.
    Beijosss

    ResponderEliminar
  7. Boa noite Célia

    Lindo !! Passei para desejar um domingo cheio de LUZ!!

    Mil beijos!!

    ResponderEliminar
  8. oi Célia,

    enquanto meu coração permitir
    vou seguindo menina...
    tudo dói menos e é muito mais divertido!!!

    beijinhos...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...