quarta-feira, 9 de maio de 2018

O Monte dos Vendavais, Emily Brontë

Célia Gil

Brontë, Emily. O Monte dos Vendavais. Lisboa: Editorial Presença, 2009.




  
Tudo começa em 1801, com a chegada de Lockwood, um novo inquilino, à Herdade dos Tordos, para passar uma temporada nos ares do campo. Este dirige-se então à propriedade do Monte dos Vendavais, com o intuito de conhecer e falar com o Sr. Heathcliff sobre o aluguer da casa.
Acaba por se ver confrontado com pessoas que de hospitaleiras têm muito pouco, num ambiente hostil, onde reinam ódios antigos e mistérios. Devido a um temporal, é obrigado a passar a noite no Monte dos Vendavais, uma noite que não esquecerá, pois o quarto onde ficou a dormir está estranhamente repleto de livros assinados por Catherine Earnshaw. Acaba por sonhar com esta, um sonho tão real, que chega a ponderar ter visto o fantasma dela a bater-lhe na janela para entrar no quarto. Deste sonho e perante a reação de Heatcliff ao contar-lho,  tira a ilação da existência de um passado misterioso que o enche de curiosidade.
Ao regressar à Herdade dos Tordos, Lockwood solicita à governanta, Nelly, que lhe conte a história de Heathcliff. É com Nelly por narradora, que nós, leitores, somos conduzidos à estranha história passada de Heathcliff e Catherine e que estará na origem da hostilidade que se vive no Monte dos Vendavais.
Nelly conta-lhe que Heathcliff foi adoptado pelo Sr. Earnshaw (pai de Catherine e Hindley) e logo se tornou inseparável de Catherine e odiado por Hindley. Apesar de apaixonada por Heathcliff, Catherine acaba por casar com Linton e este facto leva ao desaparecimento de Heathcliff.
Este, volta, mais tarde, para se vingar.
Terá Heatcliff conseguido o que queria? Até onde poderia ir a sua vingança?
Não deixe de ler este livro, um clássico da literatura, envolvente, de um realismo perturbador. Se espera um romance com pessoas perfeitas, heróis típicos, desengane-se. São os seus defeitos e as suas atitudes, que tornam estas personagens tão surpreendentes.



Célia Gil / Professora

É professora de português e professora bibliotecária. Gosta de ler e de escrever. Este é o seu espaço de partilha de alguns textos que escreve.

2 comentários:

  1. Instigante tua provinha..Tentador convite! beijos, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  2. Oi Célia,
    Por aqui o livro se chama"O Morro dos Ventos Uivantes" e eu já li e reli.Gostomuito, mas vejo em Heathclifftraços de psicopata.
    Beijos

    ResponderEliminar

Coprights @ 2017, Histórias Soltas Presas Dentro de Mim Designed By Templatein | Histórias Soltas Presas Dentro de Mim