domingo, 4 de dezembro de 2011

Na vida tudo fica

Célia Gil


(imagem do google)


Aos que dizem que na vida tudo passa
eu reafirmo que tudo fica.
Não fica apenas o sonho,
aqueles momentos únicos e irrepetíveis,
a magia do nascimento de um filho,
o sorriso dos que amamos,
o amor que sentimos retribuído,
as boas notas de um nosso aluno,
a humildade das pessoas em geral,
a fé, a coragem e a determinação,
aquele gesto de nos secarem as lágrimas,
o reconhecimento,
os prémios e as vitórias,
as glórias, as afirmações pessoais,
as concretizações profissionais
e muitas, muitas outras coisas tão boas...
Tudo fica, até as coisas más,
as palavras que magoam,
os sonhos que não se concretizaram,
as palavras que não sairam,
a lágrima que não secou,
o beijo de despedida,
o gesto do adeus,
a culpa e o remorso,
os actos irreflectidos,
os beijos que não se deram,
as palavras que não se disseram,
o caminho por percorrer,
o "amo-te" por dizer,
a carícia por fazer,
as bofetadas dadas à vida,
o comodismo,
os sacrifícios que não se fizeram,
uma lista tão, mas tão infindável...

O que passa somos nós,
irremediavelmente humanos!
E mesmo nós desejamos
ficar, pelo menos, na memória dos que amamos.

De resto, tudo fica, nada passa...
e ainda que passe por fora
dentro da nossa memória,
ainda que sem dia nem hora,
farão parte da nossa história,
da nossa derrota e da nossa vitória!
                                            Célia Gil

Célia Gil / Professora

É professora de português e professora bibliotecária. Gosta de ler e de escrever. Este é o seu espaço de partilha de alguns textos que escreve.

18 comentários:

  1. precioso poema y verdadero.Gracias por tu visita.Besitos.

    ResponderEliminar
  2. Tantas verdades nesse lindo poema...É bem assim...Nós passamos pelo tempo e vida... beijos,tudo de bom,chica e uma semana nova muito legal!

    ResponderEliminar
  3. Querida Célia, obrigada pela sugestão. Na minha cabeça, a decoração nunca está completa, é um processo que se aprimora todos os dias. Por isso, sei que a mantinha aparecerá.

    Quanto ao teu texto, infelizmente, concordo contigo. Alguém disse que a memória é a nossa maior maldição e é.

    Bom, bom, seria o carpe diem, porque o que foi ou não feito não tem remédio. Quantos acontecimentos eu gostaria de varrer da minha memória...
    As lembranças podem ser bençãos, mas também a cruz que carregamos.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  4. De resto, tudo fica, nada passa...
    e ainda que passe por fora
    dentro da nossa memória,
    ainda que sem dia nem hora,
    farão parte da nossa história,
    da nossa derrota e da nossa vitória!
    Amada Amiga.
    Seu poema arrasou de lindo amiga.
    Bem gostaria muito de postar ele no meu blog se deixar permissão no meu blog.
    uma abençoada semana.
    Obrigada por estar no meu blog sempre.
    Bjs..Evanir

    ResponderEliminar
  5. O tempo passa e tudo fica!

    Ficam também Bjs dos Alpes

    ResponderEliminar
  6. Tenss razão minha cara Célia!Pensando bem tudo fica mesmo, afinal somos seres feito de memórias.
    Uma ótima semana!
    Beijosss

    ResponderEliminar
  7. O que passa somos nós, irremediavelmente humanos!
    E mesmo nós desejamos ficar, pelo menos, na memória dos que amamos...

    Lindo poema...

    Nos faz pensar sobre essa vida que nos faz crer que tudo passa, mas que na verdade, tudo fica permanentemente marcado em nossa memória, em nossos ♥♥...

    Ótima semana pra vc, beijokasssss no ♥

    ResponderEliminar
  8. Lindo Célia!!
    Tudo fica aqui ou em algum lugar....mas fica!!
    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Concordo contigo amiga, muita verdade no seu texto. Deixo um beijo grande e desejo de um ótimo começo de semana . Abraço!

    ResponderEliminar
  10. Na vida tudo fica, mas cabe-nos a nós escolher o que queremos que fique fechado a 7 chaves e o que queremos usar na nossa vida.
    :)

    ResponderEliminar
  11. oi Celia,

    nossa memória teria que aprender a ser mais seletiva,
    e guardar com ela apenas aquilo
    que nos faz bem...
    quem sabe,né?
    quem sabe...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Então que seja assim, que fiquem os melhores momentos, sentimentos e pessoas. Amei o texto!

    Ótima semana, beijos.

    ResponderEliminar
  13. Tudo pode se renovar,assim como a vida.Beijos

    ResponderEliminar
  14. Oi Célia,
    Amei o poema. Nunca tinha pensado assim, mas tenho que concordar que vc está certa!
    Beijos 1000 e uma semana maravilhosa para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderEliminar
  15. Muito boa tarde Amiga
    Desculpe pelo meu silencio, não tem sido por esquecimento, mas por conta do momento que estou vivenciando!
    Tem coisas que só o tempo pode curar , para poder voltar a sorrir ao vir lhe visitar.

    Natal
    É a reconciliação com o nosso coração, renovando o nosso interior com a força do Amor.
    Natal
    É aprender a reconhecer nossas faltas e nos perdoar pela nossa imperfeição humana, assumindo o compromisso da nossa renovação espiritual.

    Tenha uma linda Semana coberta de muita paz e amor
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  16. Belo alvorecer minha amiga !
    Estou tão sumidinha por conta do trabalho que chegar por aqui é tudo de bom.Seu blog é lindo e cheio de verde para nos dar esperança renovada!
    Poetar lindo e cheio de vida...
    bjs

    ResponderEliminar
  17. Lindos versos querida!!!
    É verdade, ficam, mas doem menos,machucam menos, porque vamos aprendendo e aceitando, as pequenas lições que a vida vai nos ensinando.
    E tudo nos ensina, a derrota, a vitória, tudo serve para nos tornar melhores.
    Beijos!!!

    ResponderEliminar
  18. Célia Gil

    "(...)dizem que na vida tudo passa (...).
    Não fica apenas o sonho(...)
    Na verdade,Amiga, nas alegrias e tristezas, o que passou sempre volta a passar diante de nós.
    O sonho... o sonho fica!

    Beijos

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Coprights @ 2017, Histórias Soltas Presas Dentro de Mim Designed By Templatein | Histórias Soltas Presas Dentro de Mim