domingo, 12 de novembro de 2017

outono da vida

Célia Gil


Quem está por detrás desta folha
amarelecida pelo outono?
Nada, nada existe atrás da folha
em que escrevo
o outono da minha vida.
Talvez um imenso vazio,
talvez todas as perdas de mãos dadas,
talvez a indiferença a ser indiferente
sem me ver, sem sequer se importar.
Estará, com toda a certeza,
um outono que pesa nos ombros,
um frio que se adentra pelos olhos
e os deixa imóveis, petrificados,
à espera do inverno que leve
a breve folha leve.
                                               Célia Gil

Célia Gil / Professora

É professora de português e professora bibliotecária. Gosta de ler e de escrever. Este é o seu espaço de partilha de alguns textos que escreve.

5 comentários:

  1. Inspirada e linda poesia!Adorei! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Que lindo o seu cantinho. linda e suave poesia. Linda inspiração. Amo vc e Deus ainda mais. Bjs

    ResponderEliminar
  3. Boa noite Célia!
    Que linda sua poesia, porém um tantinho triste,gostei muito.
    Grata por sua doce visita.

    ResponderEliminar
  4. Oi Célia,
    Poema lindo e triste... me bateu uma ideia de solidão.
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Célia farei tudo para estar mais próxima
    de todos as pessoas que amo.
    E certamente parte do meu mundo são
    as amizades que prevalesse .Com mais de 12 anos
    levando meu blog sem nenhum afastamento.
    Eu sei quanta tristezas eu vivi mas fui e sou feliz ,
    acredite valeu e vale a pena .
    Nesse final de ano Deus me ajudará caminhar até chegar
    a vc e a todos que eu amo de verade.
    Um abençoado final de semana.
    Beijos carinhosamente.
    Evanir.

    ResponderEliminar

Coprights @ 2017, Histórias Soltas Presas Dentro de Mim Designed By Templatein | Histórias Soltas Presas Dentro de Mim