segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Obrigada mãe

Célia Gil

(imagem daqui)


A minha voz não tem o som do que sou,
vem lá do fundo, soa como a de minha mãe
quando a escutava atentamente.
Há um timbre que ficou
e que, com os anos, se aperfeiçoou
num som que a minha mente gravou.
A minha voz, quando me oiço,
é de outrem que não eu,
alguém em cuja voz reapareceu
a minha mãe, lá longe no céu.
E as frases que digo aos meus filhos,
a mim mas disseste vezes sem fim,
eu que sempre aprendi contigo
os ensinamentos que agora dou de mim.
Como tu falo e com prazer,
pois nunca quis que fosses diferente,
foste uma mãe sempre presente
que semeou em mim todo o seu ser!
                                          Célia Gil

Célia Gil / Professora

É professora de português e professora bibliotecária. Gosta de ler e de escrever. Este é o seu espaço de partilha de alguns textos que escreve.

17 comentários:

  1. Linda homenagem à tua mãe que te falou coisas que ainda em ti estão...beijos,ótima semana( linda foto!)

    ResponderEliminar
  2. oi Celia,

    lindo,lindo!!!
    mãe é o mais raro e mais caro presente
    nos dado por Deus...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Linda homenagem a mãe que sempre presente esteve a ti proteger e a ti cuidar, amei, é realmente um amor maior , lindo dia para ti, beijos

    ResponderEliminar
  4. Linda homeagem e versos á sua mãe!
    Uma semana abençoada pra ti!

    ResponderEliminar
  5. Oi Célia
    Adorei a sua homenagem!
    Herdar o amor e o carinho de nossas mães é maravilhoso, pois damos a chance aos nossos filhos de provar destes lindos sentimentos.
    Beijos e tenha uma ótima semana.

    ResponderEliminar
  6. Amiga, mãe é tudo de bom, começamos por meio dela e assim vamos, com esta ligação intensa até o fim dos nossos dias, mesmo que separadas.
    Eu amo a minha.
    Sou completamente apaixonada por ela.
    Lindas palavras.
    Abraços

    ResponderEliminar
  7. Olá,Célia!!

    Linda e emocionante homenagem para sua mãe!
    Linda a foto de vocês!!
    Beijos pra ti querida!!
    Bom começo de semana!!

    ResponderEliminar
  8. Oi Célia,
    Que linda homenagem à sua mãe!
    Mãe é tesouro precioso na vida dos filhos. Felizes daqueles capazes de reconhecê-lo.
    Ótimo dia para você.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  9. Oi Célia...que linda homenagem em forma de poesia para a sua mãezinha querida...
    Estou feliz demais com a sua companhia no meu cantinho, viu? Também venho pra ficar por aqui...adorei seu Blog...seus filhos são lindos...
    Minha querida tenha uma ótima semana...beijos...
    Valéria

    ResponderEliminar
  10. Celia,homenagem comovente e muito linda a sua mãe!A foto está uma graça!Bjs,

    ResponderEliminar
  11. Querida que sua bela ma~ezinha esteja guardada no seu coração, no céu e no eterno que é o infinito para o qual nascemos.
    Beijos!!

    ResponderEliminar
  12. Celinha
    Minha querida,vc conseguiu me emocionar com essa beleza de poema dedicado à sua mãe. E me peguei apensar se eu carrego em mim um pouco da voz da minha linda mãe!belo e perfeito post. Bjkas com hiper carinho!

    ResponderEliminar
  13. Olá querida !
    Prestar homenagem para uma mãe traz um misto de doçura e meiguice...vc se revela ter atributos de uma mulher sensível...
    Grata pela visita ...me deixa radiosa,kkkkkkkk
    Bjs minha linda!

    ResponderEliminar
  14. Todos os poemas para as mães são lindos e o seu não é diferente... parabéns pela linda mamãe...
    bjsss

    ResponderEliminar
  15. Bela homenagem;MÃE é para toda a eternidade.Muita luz.

    ResponderEliminar
  16. OI CÉLIA GIL!
    LENDO TEUS TEXTOS RESOLVI COLOCAR NESTE MEU COMENTÁRIO,PORQUE ME EMOCIONEI,MINHA MÃE TAMBÉM ESTA NO CÉU, MAS SUA VOZ E PRESENÇA, CONTINUAM COMIGO.
    MUITO LINDA E MERECIDA HOMENAGEM.
    http://zilanicelia.blogspot.com/
    ABRÇS

    ResponderEliminar
  17. Célia, costumo, frequentemente..., passear e descansar no teu blog, não preciso de dizer porquê. Faço-o muitas vezes... aquilo que me traz até cá é a transparência de alma, a bondade e a sinceridade das palavras, uma luta para se continuar, sempre, no lado mais puro e bonito da alma. Sei que me compreendes, independentemente das distâncias e das ausências. A postagem que fazes em relação à tua mãe, outras há!...., toca-me bastante.Continua ( e votos de sucesso para o teu último projeco)!

    ResponderEliminar

Coprights @ 2017, Histórias Soltas Presas Dentro de Mim Designed By Templatein | Histórias Soltas Presas Dentro de Mim