sábado, 19 de maio de 2012

Perfeição


(imagem do google)

A perfeição não existe, na realidade,
apenas nos projectos que para ela concorrem,
projectos que ficam, morrem,
mas que são tudo menos verdade.

A minha perfeição está na simplicidade
do rio que corre,
na humildade
daquele pobre,
na ingenuidade
do sorriso de uma criança,
na ansiedade
com que o teu olhar me alcança.

A perfeição está no que me faz e deixa feliz,
em tudo o que é genuíno e autêntico.
A perfeição está nos pequenos gestos
de dádiva e gratidão,
num abraço sentido, 
num sorriso autêntico,
nos momentos de emoção.

E quando me limpas as lágrimas,
quando me ofereces o teu ombro,
ouves as minhas mágoas,
escutas o meu coração,
…é pura perfeição!
                         Célia Gil


17 comentários:

  1. Peguei saindo do forno... Linda e concordo com tua foma de ver. Pra mim também ela está na simplicidade que se mostra nua, verdadeira, sem retoques, pois é assim naturalmente!! Um lindo fds,beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Ai Celia,eu adorei!Posso levar pro Recanto?Linda msg de pura perfeiçao!No final,perfeição são os pequenos gestos de carinho do dia a dia!Bjs e bom final de semana!

    ResponderEliminar
  3. Que perfeição eu acho seu cantinho,com esse verde para nos deixar com sabor de esperança...tava com saudades dessa minha amiga ausente...Lá no meu blog está voando todas as folhas secas !!!!!!!!!!!!!!
    passa lá para pegar uma de lembrança ,kkkkkkkkk
    bjsssssssssssssssssss

    ResponderEliminar
  4. Perfeição, é essa declaração de amor.
    Beijos, linda!

    ResponderEliminar
  5. Perfeição também se encontra em pequenos gestos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Descriçao "perfeita" da propria perfeiçao...bjs e adorei o poema,simples e cativante...!=D

    ResponderEliminar
  7. Oi Célia..
    Perfeição está nessa mensagem...Adorei!
    Ótimo Domingo!
    Beijos!
    San...

    ResponderEliminar
  8. Olá amiga, a perfeição está neste belo poema e no dar e receber. Adorei. Beijos com carinho

    Sabes que eu ás vezes sou
    Deveras tão imperfeito
    Que não sei o que ficou
    Quando amor eu te dou
    Cá dentro deste meu peito.

    ResponderEliminar
  9. É tão insignificante a luz do Sol
    Quando uma criança chora
    É tão imenso o sentimento
    De quem não quer ir embora

    Já despontaram todas as flores do mês de Abril
    As hortências ainda dormem nas colinas da ilha
    Este mar tem no ânimo a calmaria
    Há sonhos que se desbotam da maravilha

    E há um sítio para onde não levo ninguém
    Onde tudo acontece sem raiva ou desconfiança
    Neste sitio descanso minha atormentada alma
    E planto sorrisos regados de esperança…

    Doce beijo

    ResponderEliminar
  10. oi Celia,


    lindo demais,
    a perfeição está mesmo
    em descobrirmos
    a simplicidade das coisas...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Oi Célia!
    Sumi durante um bom tempo,mas precisava disso para voltar ao mundo virtual.Volto de uma maneira mais lenta e sem muitas expectativas.Volto porque deixei boas amizades, porque gosto de postar e senti saudade.
    Obrigada pela sua visitinha.Bjs e uma semana de paz.
    Emilinha

    ResponderEliminar
  12. Olá,Célia!!

    Ah!!!Belíssima poesia!!!!
    Concordo plenamente!
    Nas pequenas e verdadeiras coisas está a perfeição!
    Imagem linda!!!!
    Beijos,minha amiga!Espero que esteja tudo bem!
    Bom começo de semana!!

    ResponderEliminar
  13. Venho desejar uma abençoada semana,
    também pedir sua presença no meu blog para
    nos unir em oração.
    Na postagem esta tudo explicado.
    Desde já Deus abençoe e seja bem vindo juntando -se
    a nos.
    Beijos no coração.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  14. Minha querida

    grande verdade, a perfeição realmente está em pequenos nadas.


    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar