domingo, 30 de junho de 2013

Noites de insónia

Célia Gil

                         (imagem do google)

Sento-me ao colo da noite
esperando que me embale.
Mas a noite é um cavalo louco
que cavalga pela mente adentro.

Entra pelas pálpebras semicerradas,
apodera-se do sossego aparente,
louca, livre, persistente...

Ficamos, assim, a sós, olhos nos olhos,
à espera que alguma desista.
Compinchas nas letras
que ela rouba às estrelas
para me oferecer.
                          Célia Gil

Célia Gil / Professora

É professora de português e professora bibliotecária. Gosta de ler e de escrever. Este é o seu espaço de partilha de alguns textos que escreve.

10 comentários:

  1. A insônia é fogo, mesmo assim te inspirou muito bem. Também sofro dela!

    Bons trabalhos ,mas devem estar no fim do ano letivo por aí,não? Depois, férias?beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  2. A insónia! Monstro assustador!
    Que não sejam penosas as correções.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. A insônia é uma pertubação, que não deixa você você dormir, é como está no texto é como um cavalo louco, Célia tenha uma ótima semana fique com Deus beijos.




    Lucimar Estrela da Manhã
    Divulgue seu blog no Facebook
    Fan Page
    Faço Afiliação com Blogs

    ResponderEliminar
  4. Minha querida

    A insónia é mesmo terrível...adormece e amanhece connosco.sempre um prazer ler-te e estava com saudades, mas estou voltando aos poucos.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  5. A insônia deve mesmo ser um terrível dilema para quem vive...Parabéns pelos texto, amei conhecer o blog ^^ seguindo amiga!


    ¦ Blog Dany's Place

    ¦ Tutorial e Dicas

    ResponderEliminar
  6. Vim te ver, agradecer e desejar um lindo fim de semana!beijos,chica

    ResponderEliminar
  7. Lembrando que essa noite tive insônia,...
    amei seu poema! bom final de semana!
    bjsss

    ResponderEliminar
  8. Olááá!!! Que saudade!!!
    Fazia tempo que vc não vinha me ver, acabei de ler seu poema e fiquei pensando, quanto tempo faz que não escrevo poesia. Acho que a noite e eu não somos mais compinchas... Que bom que posso me valer da inspiração de poetas como vc. Não some não. Mil beijos,
    Tania Pinheiro.

    ResponderEliminar
  9. Hoje vim te convidar a visitar o FOLHAS DE OUTONO através do Poema LENTES DO MEU OLHAR!
    Que pode ser considerado uma arte,mas que na realidade revela o movimento que tem o teu olhar.
    Peço desculpas por não poder deixar comentário,mas te espero lá para falar de vida e de lente que faz reinar a beleza da luz ...
    bjs e até minha volta recuperada !

    ResponderEliminar
  10. Minha Amiga : sentindo muita falta de você estou aqui para te deixar
    meu carinho se possível saber como vai você.
    Amada espero , que esteja tudo bem contigo e família abraços um abençoado final de semana beijos ,Evanir.

    ResponderEliminar

Coprights @ 2017, Histórias Soltas Presas Dentro de Mim Designed By Templatein | Histórias Soltas Presas Dentro de Mim