quarta-feira, 28 de agosto de 2019

O Centenário que Fugiu pela Janela e Desapareceu

Célia Gil
Jonasson, Jonas (2011). O Centenário que Fugiu pela Janela e Desapareceu. Porto: Porto Editora, Lda.

O Centenário que Fugiu pela Janela e Desapareceu é um livro de Jonas Jonasson, um escritor sueco, que serve para descomprimir, com imenso sentido de humor, mas também muito bem escrito. Uma história hilariante, empolgante, sem momentos mortos e que nos faz rir, sem que demos conta.
Conta-nos a história de um idoso que, no dia em que completa 100 anos, decide fugir do lar de idosos onde vive. Sabe que o que de mais certo o espera é a morte, por isso decide ir viver o tempo que lhe resta de forma mais empolgante. Munido de uma audácia invejável e umas pantufas velhas, foge pela janela do seu quarto à procura de aventuras que lhe tornem a vida menos penosa.
Os capítulos sobre os episódios mais estranhos e divertidos que constituem estas aventuras de Allan vão sendo intercalados, de forma engenhosa, com analepses sobre o passado desta personagem tão sui generis. Neste passado que nos vai sendo narrado, a par da história da fuga, ficamos a saber que Allan teria viajado por todo o mundo, tendo travado conhecimento com Estaline, Churchill, Harry Truman, a mulher de Mao Tsé-Tung, entre outros nomes de referência na história mundial.
Ao viajar, durante a sua fuga, acaba por roubar uma mala cheia de dinheiro, pertencente a uma organização criminosa, a “Never Again”. Este facto, faz com que a sua fuga se torne não apenas numa vontade, mas também numa necessidade, uma vez que começa a ser procurado. Envolvido em algumas mortes, é procurado por um detetive e faz alguns “amigos” pelo caminho, que vivem esta aventura com ele. Converge tudo num final altamente inesperado.

Convido, pois, a uma viagem atrás deste centenário e pela história que teve oportunidade de conhecer, através da leitura do livro O Centenário que Fugiu pela Janela e Desapareceu, de Jonas Jonasson.

Célia Gil / Professora

É professora de português e professora bibliotecária. Gosta de ler e de escrever. Este é o seu espaço de partilha de alguns textos que escreve.

0 comentários:

Enviar um comentário

Coprights @ 2017, Histórias Soltas Presas Dentro de Mim Designed By Templatein | Histórias Soltas Presas Dentro de Mim