segunda-feira, 11 de junho de 2012

Voltar a acreditar

Célia Gil


(imagem do google)

Portugal, que hoje és,
já o dizia Pessoa, “nevoeiro”,
esqueceste que foste o primeiro
a percorrer o mundo de lés a lés?

Foste o que ousou primeiro
sonhar o que nunca fora sonhado,
encontrar o que nunca fora encontrado,
louco, corajoso, aventureiro!

Onde jazem as cinzas da época de ouro?
Onde te esqueceste do teu berço?
Deixaste cair em terra o teu terço
e, com ele, a fé, teu maior tesouro.

Por mais que o rio agora corra,
se esforce por chegar ao mar,
já nada, povo, te faz vibrar…
Não deixes que a coragem te morra!

Se das cinzas nasce a esperança,
acredita, do nevoeiro regressará a fé
para acreditar de novo e até
para fazer renascer a confiança!
                                                Célia Gil

  

Célia Gil / Professora

É professora de português e professora bibliotecária. Gosta de ler e de escrever. Este é o seu espaço de partilha de alguns textos que escreve.

14 comentários:

  1. Lindo Célia
    Apesar de ter nascido no Brasil, sou 100% portuguesa, pois o sangue que me corre nas veias é português.
    Teu poema é tudo o que sinto no povo que passa este momento tão delicado.
    Tenho fé que tudo é uma fase, necessária, para que Portugal renasça, como uma fênix.

    Bom dia e beijinhos

    ResponderEliminar
  2. oi Celia,

    minha querida a fé e a esperança,
    são capazes de mudar o rumo das
    histórias...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Célia, querida, bem preciso de incentivos como esse.
    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Olá,Célia!!!

    Belíssima poesia,querida!!!Que tudo possa melhorar por aí!!
    Beijos e meu carinho!
    Ótimo começo de semana!

    ResponderEliminar
  5. Linda homenagem á Portugal num profundo poema!
    Esperança, confiança, fé, ingredientes que á tudo podem fazer renascer.
    Beijos e ótima semana!

    ResponderEliminar
  6. Oi Célia,
    Amei o poema. Se Portugal sobreviveu ao Sebastianismo, ao domíno espanhos, à invasão francesa, então vai sobreviver tb está maré negra na economia mundial!
    Beijos 1000 e uma semana maravilhosa para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderEliminar
  7. Celia,uma msg de grande encorajamento!Ficou linda!bjs e boa semana!

    ResponderEliminar
  8. Ola Celia, querida amiga, eu amo Portugal, a tierra florida, a su povo, a suo lemguagem, amo sua docura, e a este poema hermoso tambien, a esperanza sigue viva, sempre.
    Fuerte abrazo.

    ResponderEliminar
  9. MINHA QUERIDA !!!!!
    VC ME FEZ VIM AQUI NOS TEUS PASSOS...AMEI TEU COMENTÁRIO,RSRSRSRSRS,
    TUDO VERDADEIRO !
    AQUI TBM ENCONTRO UM POEMA COM UMA MENSAGEM QUE CATIVA MUITO...
    BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderEliminar
  10. que possa renascer a confiança no povo que é quem mais sofre sempre com essas situações. Lindo! um beijo,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  11. Anjo!!! O bom de sermos amigos é que não importa como somos , o que fazemos ou onde estamos;
    O que importa mesmo é sabermos que somos amigos e que a nossa conexão é mantida pelo pulsar do nosso coração !!
    Uma linda tarde do dia dos namorados muito amor no coração.
    Obrigada pelo carinho pela presença constante
    no meu blog minha linda amizade.
    Beijos saudades receba meu carinho.
    Evanir..Tem presente na postagem ..

    ResponderEliminar
  12. Oiii , tudo bem ?! Feliz dia dos Namorados, que Deus abençoe todas as áreas de sua vida. Grande abraço
    http://grandeigualdavi.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar

Coprights @ 2017, Histórias Soltas Presas Dentro de Mim Designed By Templatein | Histórias Soltas Presas Dentro de Mim