segunda-feira, 2 de julho de 2012

Trilhos de luz

Célia Gil


(imagem do google)


Quando todos os vazios se impõem
jorrados em lágrimas de solidão,
a todas as alegrias se sobrepõem
a tortura, a noite e a escuridão.

Queria eu, poetisa de luz,
acender velas de esperança
em olhos onde já nada reluz,
onde se perdeu a fé, a confiança.

Qual poeta lanterna sinaleira
iluminar todos os vazios,
traçar trilhos de luz na passadeira
de todos os sonhos fugidios.
                                              Célia Gil

Célia Gil / Professora

É professora de português e professora bibliotecária. Gosta de ler e de escrever. Este é o seu espaço de partilha de alguns textos que escreve.

17 comentários:

  1. Tenho certeza que tuas palavras iluminam muitos caminhos..São sempre lindas e certas!! Linda poesia!! Ótima semana, tudo de bom,beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Oi Célia,
    O poema é lindo e eu tb gostaria muito de trazer mais luz para a vida das pessoas.
    Boa semana!
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderEliminar
  3. Minha querida

    Como sei desse vazio que nos dilacera o corpo e a alma e nos deixa vazias de nós...perdidas dos sonhos que um dia tivemos.
    Lindo como sempre ler-te.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde, amiga
    No silêncio da noite que se anuncia, tu és luz a brindar nosso fim de dia. Tuas palavras são o reflexo de tua luz interior que nos contagia. Obrigada.Uma ótima semana para você!
    beijos

    ResponderEliminar
  5. Palavras assim iluminam o coração da gente, lindo!
    Beijos e uma abençoada semana!

    ResponderEliminar
  6. oi Celia querida,

    você ilumina sempre o meu caminho,
    e o meu coração com suas palavras e com o seu carinho...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  7. BELA POESIA,QUE SUA LUZ CONTINUE A BRILHAR.BJS

    ResponderEliminar
  8. Olá.
    seu blog é muito legal,super bem escrito, de muita qualidade mesmo, parabéns.
    Um grande abraço !

    ResponderEliminar
  9. Olá!
    Lindo seus poemas,e grata pelo seu comentário.Sempre bom quando posso ler o que escreves.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderEliminar
  10. Celia,e vc é mesmo essa luz sempre em suas belas poesias!bjs e meu carinho!

    ResponderEliminar
  11. Lindo que a luz brilhe sempre, beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  12. Olá, Célia. Desculpe a falta! Estou feliz por estar aqui. Belissimas palavras de luz que tocam e iluminam nossos corações. Obrigada pela partilha! Desejo um feliz semana. Beijos!

    ResponderEliminar
  13. Oi Célia,

    Poema maravilhoso! Palavras que resplandecem de luz.
    Quisera eu, também, distribuir alento e iluminar caminhos.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  14. Boa noite Célia!
    Acabei de chegar e de tudo amei.
    Sua poesia é deslumbrante, dá para sentir a
    luz adentrando em nosso coração.
    Voltarei sempre para me deliciar com seu poetar.
    Um abraço carinhoso e felicidades sempre.

    ResponderEliminar
  15. Olá minnha querida Célia! Nossa, esse poema é lindo! Quero muito acender velas de esperança nos meus dias!
    Muito bom receber a sua visita e comentârio lá no meu cantinho, obrigada de coração!
    Dias INCRÍVEIS para você! Mil beijos, saúde e muito sucesso sempre.
    laylafonseca.blogspot.com

    ResponderEliminar

Coprights @ 2017, Histórias Soltas Presas Dentro de Mim Designed By Templatein | Histórias Soltas Presas Dentro de Mim