segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Domadora de feras

Célia Gil
(imagem de picasaweb.google.com)


Sou domadora de feras,

feras bestiais,

das que nos ousam afrontar

pesadelos de angústia e dor.



Como a venço?

Com amor!



Feras paranormais,

difundidas pela mente,

qual vírus mortal.



Como as anestesio?

Com versos escritos a fio!



Feras humanas,

que nos tentam derrubar,

com críticas destrutivas,

que nos querem abalar.



Como os ultrapasso?

Com a força de um abraço!



Feras desleais,

que tão bem fingem amor,

mas que são só animais

feridos no seu rancor.



Como os enfrento?

Com a poesia,

o meu grito, a minha arma,

o meu cimento,

o meu fado e o meu carma!

Célia Gil / Professora

É professora de português e professora bibliotecária. Gosta de ler e de escrever. Este é o seu espaço de partilha de alguns textos que escreve.

0 comentários:

Enviar um comentário

Coprights @ 2017, Histórias Soltas Presas Dentro de Mim Designed By Templatein | Histórias Soltas Presas Dentro de Mim