domingo, 13 de novembro de 2011

Tarte de natas

Célia Gil
A minha tarte de natas, modéstia à parte, fica espetacular! Aconselho porque é facílima.




Tenho uma tarteira em silicone.

 Forro-a com massa quebrada ou folhada (da de compra ou, quando estou com mais paciência, faço em casa)
depois corto os excessos de massa com uma tesoura.

Em seguida, passo a juntar, com a batedeira elétrica, os ingredientes:

2 pacotes de natas
açúcar a gosto (150 gr mais ou menos)
6 gemas
2 ovos
2 colheres de sopa de farinha maisena

E, finalmente, verto sobre a tarteira e vai ao forno até ficar douradinho, cerca de 30 minutos a 180 graus.

Et voilá... Bon apetit!



Célia Gil / Professora

É professora de português e professora bibliotecária. Gosta de ler e de escrever. Este é o seu espaço de partilha de alguns textos que escreve.

11 comentários:

  1. hmmmmmmmmmmmm...Deve ficar mesmo um delírio!!!Coisa boa! beijos,tudo de bom e deu vontade!!! Ainda bem que tenho um bolo aqui,rs... chica

    ResponderEliminar
  2. Parece que fica uma delicia. Vou testar a receita. Beijos e ótima semana.

    ResponderEliminar
  3. UAU!
    Mais fácil é impossível e o aspeto é sedutor.
    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Hummm que delícia...
    Célia felis in´cio de semana,
    Linda noite
    beijos de luz

    ResponderEliminar
  5. que linda!.. parece muito gostosa..
    beijos..

    ResponderEliminar
  6. Que gostosura Célia!!!!!
    Vou fazer!! Juro!!
    Beijos

    ResponderEliminar
  7. Parece muito boa e simples de fazer!
    Nham, nham!

    ResponderEliminar
  8. Que delícia, vou tentar fazer. Beijos

    ResponderEliminar
  9. Minha amiga...tem me deixado cm água na boca!!
    Parece muito saborosa!!!
    Ainda nem testei a outra!*O final de semana tem sido muito curto!rsrsr
    Mas vou guardar esta receita também!rsrsr
    Beijos!

    ResponderEliminar
  10. Maravilha, adoro natas!
    Acho que vou experimentar qualquer dia...

    ResponderEliminar

Coprights @ 2017, Histórias Soltas Presas Dentro de Mim Designed By Templatein | Histórias Soltas Presas Dentro de Mim