terça-feira, 26 de abril de 2011

Equívocos


(imagem do Google)

A vida é feita de equívocos,
alguns que assumem grandes proporções.
Há equívocos inocentes
fruto da distracção.
Esses ultrapassam-se
não deixando marcas.
Há equívocos maquiavélicos
de alguém que, premeditadamente,
engendra, como por malabarismo,
poções mágicas de discórdia.
Esses deixam gravado
na nossa memória
o sabor a fel.
Destilam nas nossas vidas
amargos de boca,
lágrimas que salgam o coração,
nós impenetráveis na garganta,
contracções dos músculos,
respiração ansiosa.
Esses equívocos povoam de névoa
o céu azul do nosso olhar,
mudam o rumo à nossa vida,
deixando setas de falsas indicações
que seguimos sem questionar.
Maculam o nosso ser puro
tornando-o desconfiado…
Equívocos são também
barreiras a ultrapassar,
obstáculos a enfrentar,
uma forma de crescer
e aprender a viver.
A vida é, muitas vezes, ela própria
o nosso maior equívoco.
                                    Célia Gil

4 comentários:

  1. ...é verdade, a vida é feita de equivocos..
    Que lindo teu Blog!
    Vim retribuir a visita e me deparei com este blog lindo!
    bjossssssss

    ResponderEliminar
  2. Para todos os equívocos eu sempre procuro acordar a tempo de consertar querida.
    Beijos!
    Carla

    ResponderEliminar
  3. Maravilhoso amiga...adorei este texto reflexivo...verdadeiro.

    Beijos

    ResponderEliminar