quinta-feira, 10 de março de 2011

Deixem-me viver!

Célia Gil
(imagem de ilciluiza.blogspot.com)
Se gosto de rir, sair e divertir
é porque sou leviana.
Se passo a vida a reclamar,
sou uma chata do pior.
Se vivo triste, não brinco, ando angustiada,
sou uma infeliz.
Se me queixo de uma dor ou uma agonia,
sou uma pobre coitada sempre doente.
Se me preocupo comigo, me produzo,
é porque quero dar nas vistas.
Se me menosprezo e descuido a aparência
sou uma mulher desleixada e desinteressante.
Se tenho sucesso e ambições
sou pretensiosa e materialista.
Se me contento com pouco
sou uma pessoa sem ambições.

Arre! Mente humana que tanto julgas,
que tanto olhas para os outros,
que tanto vives a vida dos outros.
Vive a tua! É quanto te basta!
                                        Célia Gil

Célia Gil / Professora

É professora de português e professora bibliotecária. Gosta de ler e de escrever. Este é o seu espaço de partilha de alguns textos que escreve.

0 comentários:

Enviar um comentário

Coprights @ 2017, Histórias Soltas Presas Dentro de Mim Designed By Templatein | Histórias Soltas Presas Dentro de Mim