quarta-feira, 9 de março de 2011

Sonhos são...

(imagem do Google)

Sonhos são pedaços de céu
nos nossos dias cinzentos.
Gargalhadas contagiantes
de uma alma triste e solitária.
Voos de gaivota
para quem se sente acorrentado.
Água cristalina
para quem tem sede no deserto
ou no meio da água estagnada.
Barco de fuga
para uma alma sedenta de evasão.
Brilho do olhar
nuns secos olhos sofridos.
Porto seguro
que abriga as nossas ansiedades.
Bela melodia
num coração surdo de angústia.
Pintura idealizada e colorida
numa alma cega
a preto e branco.
Poesia singular
numa folha rasgada,
gasta pelo tempo.
Gotas de chuva
num terreno árido e sequioso.
Lufada de ar fresco
num infernal dia de verão.
Aconchego de uma lareira
num frio dia de inverno.
Esperança renovada
para quem desistiu de viver.
Amizade plena
para quem se sente incompreendido…

Sonhos são…
Muitos são os sonhos
que nos fazem viver!
                              Célia Gil

1 comentário:

  1. Ando precisando de sonhos!!! Literalmente, tenho pesadelos e, acordado, pareço não ter saído deles!! Querida Célia, descubro a música e os cantores portugueses através do seu Blog. Adoro ouvir seus poemas e escutar o sotaque português chiado da terra-mãe. Beijos!!!

    ResponderEliminar