segunda-feira, 28 de março de 2011

Maga das palavras

Célia Gil

(imagem do Google)

Preparo o meu espectáculo.
Observo a assistência
e verifico se me aguarda
com ansiedade ou descrença.
Fico inquieta…
Não sei se serei capaz
de a cativar com o meu número.
Envolvo o ambiente da aura necessária,
o fumo sai da força das palavras,
o misticismo envolve-as com o seu manto.
Cheiram a incenso e mistério.
Retiro a cartola.
Nela coloco palavras cruéis,
a vaidade, a ingratidão, a inveja
e muitas outras.
Agito-as docemente na cartola,
tapando-as com um lenço de cetim.
Peço aos espectadores que retirem uma palavra.
Para espanto geral,
na cartola estão mais de mil palavras,
em pedacinhos de papel
que vão retirando, quase a medo,
o altruísmo, o amor, a partilha,
a amizade, a felicidade, a verdade
e tantas, tantas…que todos têm direito a uma.

O aplauso é geral
e eu quase me sinto
a maga das palavras.
                           Célia Gil

Célia Gil / Professora

É professora de português e professora bibliotecária. Gosta de ler e de escrever. Este é o seu espaço de partilha de alguns textos que escreve.

2 comentários:

  1. Vim retribuir tua visita e me deparei com um Blog lindo e de muito bom gosto!
    Voltarei sempre, e aguardo tua visita!
    bjosssssss

    ResponderEliminar
  2. Eu adorei seu blog qerida!Espero uma visitinha suas!!E até sugestões sobre o meu blog!!beeijos carinhosos!!

    ResponderEliminar

Coprights @ 2017, Histórias Soltas Presas Dentro de Mim Designed By Templatein | Histórias Soltas Presas Dentro de Mim