segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Amo-te

(imagem do Google)

Dedicado ao meu marido, namorado, amante, amigo Henrique Teixeira!



Sussurra o meu nome
com doçura e meiguice.
Toca-me suavemente
com carinho e desejo.
Olha-me nos olhos
e mergulha nos meus.
Conta-me histórias
para eu adormecer.
Sacia-me a sede
com a força dos teus beijos.
Limpa-me as lágrimas
quando estas invadirem as nossas vidas,
chora comigo as nossas dores,
Faz-me rir até à exaustão,
abraça-me,
pega-me na mão…
Vamos passear,
viver a vida,
aproveitar cada momento
com fé e emoção.
Dá-me guarida
quando me sentir perdida.
Senta-me no teu regaço
e deixa-me abraçar-te com força,
prender-me ao teu colo!
Fiquemos assim, até sermos velhinhos,
de mãos dadas, pelo caminhos!
                                        Célia Gil


Sem comentários:

Enviar um comentário