domingo, 27 de fevereiro de 2011

O meu corpo é música nos teus dedos

Célia Gil
(imagem de mariamarlipuglielli.blogspot.com)

Teus dedos dedilham notas ansiosas,
Nas longas teclas gastas do piano.
E a alma queda-se naquele engano
Ávida de notas harmoniosas.

Os músculos cansados descomprimem,
Um sorriso desenha-se na face,
Buscando o som perfeito que o enlace
E os olhos descrentes também sorriem.

E todo o meu ser é música em si,
As minhas artérias respiram música
A alma preenche-se com Vivaldi.

Os meus olhos absorvem os teus dedos,
O meu corpo anseia o teu toque em súplica
Para revelar os sons dos meus segredos.
                                                    Célia Gil


Célia Gil / Professora

É professora de português e professora bibliotecária. Gosta de ler e de escrever. Este é o seu espaço de partilha de alguns textos que escreve.

0 comentários:

Enviar um comentário

Coprights @ 2017, Histórias Soltas Presas Dentro de Mim Designed By Templatein | Histórias Soltas Presas Dentro de Mim